Saúde Mental – OMS

A OMS (Organização Mundial de Saúde), estima que uma pessoa se suicida no mundo a cada 40 segundos; 800 mil pessoas tiram as próprias vidas anualmente; no Brasil, são em média  13 mil mortes do tipo por ano. O suicídio é um fenômeno complexo, que ao longo dos séculos tem atraído a atenção de filósofos, sociólogos, psicólogos, teólogos, médicos e artistas. O suicídio é um fenômeno atrelado a causas multifatoriais.

Sabemos que o suicídio é um sério problema de saúde pública, que está presente em todas as camadas da sociedade, e, por conseguinte, presente nas atividades profissionais. Isto demanda atenção, posvenção,  controle e prevenção, e, infelizmente, não é uma tarefa fácil.

Segundo o Relatório Mundial sobre Saúde Mental, da Organização Mundial de Saúde, “para todas as pessoas, a saúde mental, a saúde física e a social são fios da vida estreitamente entrelaçados e profundamente interdependentes. À medida que cresce a compreensão desse relacionamento, torna-se cada vez mais evidente que a saúde mental é indispensável para o bem-estar geral dos indivíduos, das sociedades e dos países[1].

[1] https://www.who.int/whr/2001/en/whr01_po.pdf

Deixe o seu comentário

Suicidologia

Suicidologia

O Fórum Brasileiro de Suicidologia é um espaço aberto para discussão em torno deste assunto. Um assunto ainda cercado de tabus; naturalmente, dada a complexidade do assunto reconhecemos que é preciso prudência no trato do mesmo. Recebemos diversos tipos de contribuições, conforme as categorias do portal; assim sendo, publicamos deste reflexões até teses de pós doutoramento. O conteúdo autoral não reflete, necessariamente, a posição dos gestores do portal.